Vivências Temáticas e Danças Circulares Sagradas

Danças Circulares

Vivências Temáticas e Danças Circulares Sagradas
com Bibi Cunha

“Vamos dançar para nos movimentarcircular para trocar energias.
Deixar acontecer o mágico em alegria, rodar, girar em pura sintonia,
com você mesmo, com o outro, com o Universo e assim,
conectado com a energia amorosa de uma dança circular,
reconhecer a sua Luz nessa imensidão colorida ser feliz!”

 

MENSALMENTE às quintas-feiras das 19 às 20hs

 

Quando: Quintas-feiras, mensalmente (confirma as datas temáticas e reserve sua vaga)
Horário: Das 19 às 20hs
Classe Etária: A partir dos 12 anos de idade
Sem necessidade de experiência em Dança

Os pagamentos de nossas atividades deverão ser feitas somente em dinheiro ou cheque.

 

Para realizar a VIVÊNCIA, clique no botão abaixo:
(A vivência temática tem um custo de R$40 de contribuição)

Inscreva-se

 

Maiores informações: Bibi Cunha – bibicunha@yahoo.com.br – (11) 99680-1633

 

Danças Circulares

A dança, que, no ser humano, nasce como forma de expressão e no compartilhar de alegrias, segredos, histórias e ritos é semelhante ao surgimento das Danças Circulares, uma arte para todas as idades, respeitando diferentes culturas e limitações de cada indivíduo.

Em círculo, os participantes da roda se olham nos olhos, compartilham os passos, seguindo, assim, um fluxo interativo de harmonia e beleza. A roda desperta a autoconfiança, maior consciência corporal e espacial. Ela também incentiva à cooperação e a amorosidade entre as pessoas.

As Danças Circulares resgatam músicas regionais e folclóricas dos diversos povos do planeta e conectam as pessoas em roda. São danças milenares, populares, tradicionais e contemporâneas que foram transformadas em práticas corporais mais orgânicas, por meio das quais se podem expressar sentimentos.

Considerada, também, uma meditação ativa, as Danças Circulares podem melhorar a concentração e o processo de aprendizagem. Pode ser vivida como um caminho de cura trazendo benefício, não somente para o âmbito social e cultural, mas emocional, estruturando sentimentos, compreendendo melhor as emoções, fortificando o Ser em todos os níveis de sua existência.

 Bibicunha

Bibi Cunha: Dançarina focalizadora de Danças Circulares formada pelo SemeiaDança (Mônica Goberstein, Vaneri de Oliveira e Arlenice Juliani) com ênfase nas Danças da Paz Universal e Danças Circulares com Florais de Bach pela Triom (Estela Gomes, Estela Guidi e Renata Ramos). Agente de Desenvolvimento Local, Geógrafa e Mestre na área de Ciências Humanas pela USP. Organizadora do Projeto de Educação Integral A Roda da Joaninha, para crianças de todas as idades, construindo novas formas de se fazer e realizar a Educação nos tempos atuais e Co-fundadora do Projeto Sarau Passo Junta Passo – proposta de aproximação cultural e partilhas cooperativas do movimento artístico no Brasil e no mundo. Professora de Danças Circulares para crianças, jovens, adultos e idosos, atuando, também, como Facilitadora em cursos, oficinas e ONGs em São Paulo e outros projetos nacionais e internacionais ligados à Educação Ambiental, Planejamento Sócio Territorial, Sustentabilidade e Cultura de Paz, promovendo reflexão e conhecimento nos âmbitos: social, cultural, político, econômico, urbano, educacional e saúde por meio das Danças Circulares.

 

Focalizadora dos seguintes projetos e instituições:

  • “Quintas de Vivências Temáticas e Danças Circulares Sagradas” na Casa Jaya, 2016;
  • “Workshops de Danças Circulares, Arte e Educação” para pais, educadores e educandos, 2016;
  • “I JayaBaile de Danças Circulares Sagradas” no Pizzarau da Casa Jaya, juntamente com o amigo focalizador chileno Andrés Rey Fermandois, 2015;
  • “Roda de Danças Circulares Árabes” no I Bazar Colaborativo da Bibliaspa, juntamente com a amiga focalizadora Lygia Aguiar para arrecadação de bens aos refugiados de guerra no Brasil 2015;
  • “Festival da Primavera Casa Jaya” 2013, 2014 e 2015;
  • “Roda de Comemoração de Fim de Ano” para DGV Produções Culturais 2015;
  • “Vivência de Danças Circulares & Música” no Espaço Bem-Estar do Festival de Gastronomia Orgânica de São Paulo no Parque da Água Branca 2015;
  • “Danças para Pais e Filhos” Colégio Objetivo Teodoro São Paulo 2015;
  • “Tecendo Mandalas” projeto para Mulheres rendeiras, bordadeiras, tricoteiras, crocheteiras 2015;
  • “Danças Circulares da Amazônia” no projeto Amazônia Mundi do Sesc Itaquera 2014;
  • “Festival de Danças Circulares do Chile” em Santiago 2014, focalizadora convidada para vivência das danças durante o festival;
  • “Virada Cultural 2013” – Focalizadora de Danças Circulares para todas as idades do evento no Sesc Vila Mariana;
  • “Projeto Corpo e Movimento” – Focalizadora de Danças Circulares para Adultos e Idosos no Sesc Vila Mariana;
  • “Projeto Corpo e Ritmo” – Focalizadora de Danças Circulares para pessoas de todas as idades no Sesc Vila Mariana;
  • “Dançando no Meio do Mundo” – Focalizadora de Danças Circulares e Jogos Cooperativos em Macapá-AP;
  • “Recreio nas Férias” da Prefeitura da Cidade de São Paulo – Focalizadora de Danças Circulares para crianças e adolescentes;
  • “Sarau Passo Junta Passo” – Organizadora e focalizadora;
  • “II Encontro de Pedagogia Profunda” – Focalizadora de Danças Circulares para Professores e Educadores;
  • “Mostra Cultural da Escola de Aplicação” – Focalizadora de Danças Circulares para Pais e Filhos na Faculdade de Educação-USP;
  • “Fábrica de Dança 2012” – Focalizadora de Danças Circulares no SESC Pompeia;
  • “Danças Sagradas na Ecovila Ameh” – Focalizadora de Danças Circulares;
  • “Idosos da Casa de Clara” – Focalizadora de Danças Circulares pelo Projeto CONPARES da Prefeitura do Município de São Paulo;
  • “Espaço Tendal da Lapa” – Focalizadora de Danças Circulares para Adultos;
  • “Centro Infantil Clara de Assis” – Focalizadora de Danças Circulares Infantis.

 

Participante de cursos e encontros:

  • “I Grande Baile Circular – Abertura e Renovação do SemeiaDança 2016;
  • Os 12 Trabalhos de Hércules!” Workshop de Renata Carvalho Lima Ramos 2016;
  • “Festival Sesc Campinas de Danças Circulares” 2015;
  • “I Festival de Danças Circulares de Pindamonhangaba” 2015;
  • “Festival Minas-Santos de Danças Circulares” em Espírito Santo 2015;
  • “Danças Oração” Capacitação de Danças Circulares com Marie-Gabriele Wosien no Rio de Janeiro 2015;
  • “Festival de Danças Circulares do Vale do Paraíba com Guataçara Monteiro e João Paulo Pessoa 2015;
  • “Danças Circulares Brincativas” na Brinquedoteca Quintal da Vovó na Vila Mariana;
  • “Educação Além da Escola” Encontro Internacional de Danças Circulares no Sesc Consolação 2015;
  • “Todos Juntos na Grande Roda” Encontro Internacional de Danças Circulares no Sesc Consolação 2015;
  • “Festival de Danças Circulares do Chile” em Santiago 2014;
  • “Semana Mundial do Brincar” no Sesc Vila Mariana;
  • “Páscoa em Alto Paraíso” com os focalizadores ingleses Bethan e Stefan Freedman;
  • “Retiro de Danzas Circulares en México” de Gwyn Peterdi;
  • “Danças Sagradas Celtas: Círculos de amor, poder e sabedoria” na UMAPAZ;
  • “Danças Circulares e Sabedoria dos Povos” na UMAPAZ;
  • “Jogos de Criação para educadores e criadores” no Sesc Consolação;
  • “Teatro para Educadores” na Incubadora de Projetos Sociais Cambuci;
  • “Danças Infantis e Étnicas” no Espaço Fábrica Cultural;
  • “Dançando as Lendas do Brasil” no Espaço Guataçara Monteiro;
  • “Conhecendo as Danças Circulares Sagradas: Primeiros passos” na UMAPAZ;
  • “Danças Sagradas Celtas: Círculos de amor, poder e sabedoria” na UMAPAZ;
  • “Danças Circulares e Sabedoria dos Povos” na UMAPAZ;
  • “Reconexão” a Arte a o Meio Ambiente na UMAPAZ;
  • “Dança Contemporânea” na Sala Crisantempo com a bailarina Lu Favoreto;
  • “Danças da Paz Universal” na UMAPAZ com Mônica Goberstein;
  • “Tecendo Valores” Arte e Sustentabilidade na UMAPAZ;
  • “Danças Circulares Sagradas no IPUSP” – Instituto de Psicologia da USP;
  • “Curso de Formação em Danças Circulares com Florais de Bach” na TRIOM (Centro de Estudos Marina e Martin Harvey – Editora e Livraria);
  • “Capacitação Ampliada em Danças Circulares e da Paz Universal” no SemeiaDança.
  • “II Encontro de Danças Circulares do SESC” em Ribeirão Preto;
  • “I Encontro da RMC – Região Metropolitana de Campinas” em Cosmópolis;
  • “XI Encontro Brasileiro de Danças Circulares Sagradas – Podemos ajudar a mudar o mundo! Vamos dançar!” em Embu das Artes;
  • “Encontro de Artes – Brinquedos e Brincadeiras” no Centro Cultural da Associação Comunitária Monte Azul;
  • “XI Festival de Verano de Danzas Sagradas Circulares” em Córdoba;
  • “Jogos Cooperativos Jogos Cooperativos e Pedagogia da Cooperação” na UMAPAZ (Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz);
  • “Encontro de Artes Movimento: Dançando os Orixás” no Centro Cultural da Associação Comunitária Monte Azul.