Curso de Dança Contemporânea para Adolescentes

Curso de Dança Contemporânea para Adolescentes

Curso de Dança Contemporânea para Adolescentes

O curso de dança contemporânea é voltado para adolescentes entre 13 e 18 anos que tenham vontade de experimentar o movimento e a dança através da investigação do seu próprio corpo, de jogos coreográficos e da improvisação.

Durante as aulas serão trabalhados movimentos de explosão e velocidade, como saltos, rolamentos e quedas.

Todos são bem vindos nessa nova experiência!

Data: Terças-feiras*
Horário: Das 15 às 16hs Novo Horário!
Mensalidade: R$100,00
Professora: Aline Bonamin

*Turma em formação. A atividade está aguardando um número mínimo de interessados para iniciar.

Inscreva-se sem custo inicial que entraremos em contato assim que a turma iniciar.


Para matricular-se ou realizar uma prática experimental, entre em contato pelo telefone (11) 2935-6987 ou clique no botão abaixo:

Inscreva-se

Currículo

Aline Santana Bonamin
Profissão: Professora de dança no ensino formal e informal, intérprete-criadora e preparadora corporal.

Aline Bonamin iniciou os seus estudos em dança em 1991 com balé clássico e dança moderna. Em 2006 finalizou a sua formação em licenciatura e bacharelado no Curso de Dança da Universidade Anhembi Morumbi na cidade de Sã o Paulo. Durante esse período estudou e trabalhou com importantes profissionais da dança do Brasil – Mariana Muniz, onde participou da criação do espetáculo “2 Reflexos”, um projeto fundamentado nos sentidos da palavra reflexo e no conto de Guimarães Rosa “O Espelho; Lu Favoreto (Cia. Oito Nova Dança) onde participou ativamente no grupo de estudos sobre coordenação motora no Estúdio Nova Dança – dirigido por Lu Favoreto e Tica Lemos, Maristela Estrela (Cia. Oito Nova Dança) que dirigiu o trabalho “Anti- séptico de Uso Geral Para Curativos”, projeto em que participou na concepção e como intérprete- criadora, Ana Terra (docente do Curso de Dança da Universidade Anhembi Morumbi), Sílvia Geraldi (Docente do Curso de Dança da Universidade Anhembi Morumbi), Valéria Cano Bravi (Coordenadora do Curso de Dança da Uni. Anhembi Morumbi), Zélia Monteiro (Diretora do Núcleo de Improvisação), Sônia Mota (diretora e coreografa), entre outros.

Em julho de 2011 foi selecionada para participar da residência artística com os bailarinos da companhia Les Ballets C de La B, Quan Bui Ngoc e Juliana Neves, no período de um mês no qual desenvolveram o trabalho “UM A UM” apresentado na Bienal de Dança de Santos. Em 2004 fundou a Cia. Vitrola Quântica junto com a sua parceira de trabalho Júlia Abs, no qual dividem a concepção dos trabalhos. Aline Bonamin também é responsável pela orientação da pesquisa corporal e do treinamento diário dos bailarinos da companhia. Além disso, atua como intérprete-criadora em todos os trabalhos.

Junto à Cia. Vitrola Quântica, Aline Bonamin dedica-se integralmente a pesquisa, criação e produção em dança, tendo como matriz investigativa elementos da Educação Somática, técnicas de dança contemporânea e técnicas circenses para a criação de projetos autorais de investigação dentro da linguagem cênica coreográfica, como também atividades de formação de público e difusão da linguagem e educação.

Durante a sua formação acadêmica trabalhou no estúdio Nadança, coordenado pela professora e pesquisadora em dança contemporânea para criança Uxa Xavier. Entre 2005 e 2006 desenvolveu um importante trabalho artístico – pedagógico com crianças de 4 a 9 anos, criando o chamado “Do mar para Terra uma bela história”. Até hoje acompanha ativamente o trabalho artístico/pedagógico da professora Uxa Xavier.

Em 2007 foi convidada pela Balangandança Cia. uma das mais importantes companhias de dança para criança do Brasil, com a direção de Georgia Lengos, para participar do grupo de estudos “Põe o dedo aqui! Reflexões sobre dança contemporânea para criança”, projeto contemplado pelo Prêmio Funarte Klauss Vianna de Dança. O resultado desse grupo de estudos foi uma publicação com artigos de todos os profissionais envolvidos sobre dança para criança. Aline escreveu o artigo “Somar para criar brincando” , uma reflexão sobre a sua vivência pedagógica e possíveis caminhos para se pensar aulas de dança para criança.

No mesmo ano participou como intérprete do espetáculo infantil produzido pela Balangandança Cia. chamado “Entranças”, que tr az as danças tradicionais brasileiras no contexto contemporâneo. Desde então desenvolve uma pesquisa artística – pedagógica para o ensino da dança para criança.

Paralelo a dança, Aline Bonamin, desenvolve um projeto voltado às artes gráficas chamado PANTUFAS DE NUVENS, que investiga o universo lúdico da criança através de diferentes técnicas de ilustração. Para conhecer mais sobre o trabalho acesse o blog: pantufasdenuvens.blogspot.com