Atividade cancelada

Aulas de Dança de Salão

Um pouco sobre a Dança de Salão…

Desde os primórdios o homem se utiliza do movimento e da dança. Com isso ele se comunica, se expressa, se satisfaz, se encanta, se educa.

Na dança a dois, procuramos a relação mais verdadeira com nosso par. O andar rítmico, a postura correta, o ato de carregar o peso do corpo com leveza sugerem deslocamentos elegantes, desenhos descritos no espaço, em pausas, em música, em giros…

Nas aulas propostas, vamos conhecer as danças de salão mais populares do nosso Brasil. Vamos desenvolver elementos fundamentais para a dança a dois como o alinhamento, equilíbrio e consciência corporal, estímulos e respostas, criatividade e improviso, além do conhecimento de si e o olhar para o próximo! Em suma, vamos nos abraçar e nos relacionar com a linguagem da dança!

Vamos dançar?
A malandragem do Sambista, a ginga do Forró, a alegria do Rock…

Atividade cancelada

Gêneros trabalhados: Forró, Samba de Gafieira, Rock/Soltinho, Samba Rock.

Mensalidade: R$ 120,00 individual / R$ 220,00 casal

Venha experimentar uma aula gratuita! Não é preciso ter um par, é só chegar…

Para realizar uma prática experimental, entre em contato pelo 
telefone (11) 2935-6987 ou clique no botão abaixo:

Inscreva-se

 

Inscrições e matrículas: 97529-0469 ou ana_mag90@hotmail.com

 

Saiba mais sobre os gêneros presentes no curso:

• Soltinho: desenvolvida a partir das influências do Rock, Lindy Hop e Swing, o Soltinho é uma dança brasileira caracterizada por seu caráter alegre, de giros e marcação rítmica simples.

• Samba de Gafieira: o samba como música já existia bem antes de surgir a dança, que se originou nas grandes gafieiras do Rio de Janeiro. É caracterizada pela malandragem do cavalheiro no gingado, que executa os passos como se “protegesse” a dama, enquanto que esta se exibe ao dançar, colocando ênfase da movimentação nos quadris e nas pernadas, contribuição típica do Tango.. Na marcação do bumbo e no repique do pandeiro e tamborim, foi pelas Ruas da Lapa, do Estácio, da Praça Onze no Rio de Janeiro que o samba virou o que é hoje.

• Forró/Xote: o Forró é um gênero típico brasileiro, influenciado principalmente pela forma de dançar européia e pelos ritmos, batuques e músicas regionais. Originou-se principalmente nas festas do Norte e Nordeste do País. Nas celebrações de São João, foi e ainda é a dança típica que mais contagia o povo brasileiro, por sua simplicidade, liberdade de movimentações, brincadeiras e gingado entre o casal.

• Samba-Rock: samba rock era chamado o estilo musical que fundia elementos musicais do samba (instrumentação, rítmica) com os do rock. Foi nas periferias de São Paulo, pela década de 50, que a dança se desenvolveu. É caracterizada por uma marcação básica constante dos pés enquanto os braços realizam giros, tranças e nós.

 

 

 

 

Ana de Mag Ribeiro: de toda a família de músicos, foi a que saiu para a área dançante da arte. Cursa Dança na Etec de Artes. Desde criança amante do Teatro, Música e Dança. Aos dezessete anos iniciou sua carreira como professora de Dança de Salão na Confraria da Dança – Sérgio Rodrigues, onde atuava como dançarina e lecionava Samba Rock. Foi juntando experiências daqui e dali em cursos diversos de Dança Circular, Gafieira, Tango, Salsa, Samba Rock, Acrobáticos e Dança de Salão no geral que a que surgiu a Tangará Cia. de Dança, uma companhia que visa a difusão da arte da dança não só como entretenimento e distração social, mas também trabalhando em cada um de nós a individualidade, estimulando a criatividade, improviso, a segurança de si e o olhar para o próximo. Atua como coreógrafa, professora e dançarina.

Partindo do principio de que através da Arte formamos caráter e personalidade, além de aulas de dança, Ana propõe sempre a interação criativa, através de saídas dançantes, rodas de samba, forró e bailes de prática.