Curso de Introdução à Agricultura Biodinâmica

Curso de Introdução à Agricultura Biodinâmica
Conhecendo a visão holística, medicinal e regenerativa

Curso em 4 Módulos –  Com Raphael Vasconcelos Balboni

Este curso foi cancelado

 

A Agricultura Biodinâmica é um meio para transformar a terra num lugar feliz, para que, de maneira verdadeiramente comprometida com os reinos da natureza, possamos realizar a liberdade individual sem maltratar nem nos ferir uns aos outros. Fazer da terra uma estrela, é uma missão complexa que começa simples, comendo alimentos condignos com o humano, que iluminem seus pensamentos, aqueçam suas almas e fortaleçam suas ações.

 

<strong>Saiba mais sobre Agricultura Biodinâmica</strong>

Com o impulso gerado a partir do ciclo de oito conferências, dada aos agricultores europeus no início do século vinte, Dr. Rudolf Steiner trouxe uma renovação ao sentido e ao propósito do trabalho com a terra.

Já na fase final de sua vida, dera ao movimento Antroposófico durante a pentecostes de 1924, uma de suas últimas contribuições para o legado científico e espiritual da humanidade.

A Agricultura biodinâmica nascia do ímpeto da vontade de renovar a relação ser humano e natureza, com um olhar vivo capaz de compreender os processos químicos e biológicos para além, rumo às suas origens no macrocosmo.

Steiner foi como Zaratustra para o povo Persa, porém de maneira análoga, ele refez o caminho que leva da terra ao céu, reinaugurando uma agricultura celeste e conectada aos ritmos e forças do universo.

Após desenvolver e elaborar seus “preparados”, indicou uma maneira viva de alimentar o solo, de vivificar o húmus existente com substâncias portadoras daquilo que os astros e planetas irradiam a partir da periferia sideral.

Complementando a visão do todo, ele sugere que tenhamos, de maneira criativa, a imagem do ser humano para dentro da terra, projetada de maneira íntima e livre para inter-relacionar a paisagem como organismo. É importante explicar que os pensamentos seriam como raízes e os órgãos sexuais como as flores, os órgãos reprodutivos das plantas.

Deve-se lembrar que em menos de cem anos, essa prática tem fomentado atividades agrícolas ao longo do planeta, em diferentes culturas e regiões, produzindo alimentos de alta qualidade nutritiva aliados ao bem-estar das populações e do ambiente.

Infelizmente ainda temos muito que desenvolver dessa arte, principalmente dentro dos nichos Antroposófico, que se responsabilizam por disseminar o conteúdo teórico da clarivisão científico espiritual.

Em muitas formações de pedagogos e médicos não temos esse conteúdo e/ou vivência tão imprescindível para ligar o ser humano à terra, dando o valoroso sentido de pertencimento e sensação de paz que só a natureza pode nos dar.

Resgatar a veneração perante o cosmos e atuar de maneira consciente e amorosa com a terra é tarefa para todos, mas somente alguns já estão plenamente cientes de sua colaboração e sabem por onde iniciar seu caminho para o bem comum.

A Agricultura Biodinâmica é um meio para transformar a terra num lugar feliz, para que, de maneira verdadeiramente comprometida com os reinos da natureza, possamos realizar a liberdade individual sem maltratar nem nos ferir uns aos outros.

Fazer da terra uma estrela, é uma missão complexa que começa simples, comendo alimentos condignos com o humano, que iluminem seus pensamentos, aqueçam suas almas e fortaleçam suas ações.

 

Este curso foi cancelado

 

PLANO DE AULA  
Tema: O Organismo Agrícola Biodinâmico
Público: estudantes, produtores rurais, empreendedores, curiosos.

Periodicidade: 4 dias (total: 24hs)

Objetivo Geral: O grupo será capaz de compreender a importância do Organismo Agrícola Biodinâmico, a partir de conteúdos teóricos e práticos.

Objetivos Específicos
1. Observar os aspectos astronômicos e ritmos celestes;
2. Identificar as características da propriedade: solos, plantas, animais e o eu;
3. Relacionar aspectos do organismo agrícola que devem ser utilizados;
4. Perceber a importância dos fatores gratuitos de produtividade que a natureza é portadora;
5. Imaginar a individualidade agrícola como uma unidade autossustentada.

 

Conteúdos:

  • A Terra como um organismo vivo;
  • Os Elementos como parte de um todo: a quaternidade;
  • Planetas e influências do Zodíaco;
  • As polaridades (sol e lua);
  • A importância da floresta Metodologia

 

MÓDULO I – A TERRA
A Terra como um organismo vivo. As polaridades (sol e lua). O composto e preparados

MÓDULO II – A PLANTA
Cosmogênesis. Elaboração do croqui do Organismo Agrícola Biodinâmico. Os Elementos como parte de um todo: a quaternidade

MÓDULO III – O ANIMAL
Diálogo: quais os elementos da natureza e como atuam? Planetas e influências do Zodíaco. Síntese da proteína

MÓDULO IV – O HUMANO
Explanação sobre o histórico da agricultura. Pintura livre (papel canson e aquarela). Fechamento. Avaliação

 

 

ESTE CURSO FOI CANCELADO!

 

Raphael Vasconcelos Balboni é ambientalista engajado (APAZ), graduado em tecnologia superior de gestão ambiental (SENAC), professor e consultor especializado em Agricultura Biodinâmica (UNIUBE). Músico, cantor e compositor, lançou dois discos autorais. Tem formação em Antropomúsica e Cantoterapia (em andamento pela Escola do Desvendar). Residiu em várias fazendas: Demétria em Botucatu, SP – 2007, responsável pelos Preparados Biodinâmicos, e Dottenfelderhof, importante fazenda Biodinâmica, em Frankfurt, Alemanha – 2009, em que estudou com o professor Manfred Klet. Participou em congressos na Suíça, Dornach (2009) e São João da Boa Vista, São Paulo (2008). Fez diversos cursos ligados ao universo da Agroecologia (com Ernest Götsh, Agrofloresta – 2008; Permacultura no IPEC – 2010). É docente do curso biodinâmico no IPERS – Porto Alegre – RS. Palestrou na I Semana do Meio Ambiente (São Miguel Arcanjo, SP – 2014) e ministra cursos de Introdução à Agricultura Biodinâmica no Sítio UOAEI, São Miguel Arcanjo, SP (desde 2012). Participou do último Encontro de Pedagogia e Agricultura com Peter Günterdorf (Botucatu, SP – 2016). Atualmente é responsável pela administração do Sítio UOAEI, proprietário desde 2010, onde vive e desenvolve projetos ligados à Biodinâmica, educação, preservação e arte.

 

Bibliografia: ÁVILA, João Carlos. Os Elementos Químicos (textos compilados). GABERT, Reinhold. O ser humano e os reinos da natureza. Ed. Agroecológica. GOETHE, Johann Wolfgang von. A metamorfose das plantas. Ed. Antroposófica. KLET, Manfred. (textos traduzidos por Ronaldo Lempek). MELLO, Thiago de. Faz escuro mas eu canto. Ed. Bertrand Brasil. RIDPATH, Ian. Astronomia. Ed. Zahar SIXEL, Bernardo Thomas. Biodinâmica e Agricultura. Ed. Antroposófica. STEINER, Rudolf. Agricultura Biodinâmica. Ed. Antroposófica. STEINER, Rudolf. A ciência oculta. Ed. Antroposófica. STEINER, Rudolf. O conhecimento dos mundos superiores. Ed. Antroposófica. STEINER, Rudolf. A filosofia da liberdade. Ed. Antroposófica. THUN, Maria. Sembrar, plantar y recolectar em armonía com el Cosmos. Ed. Rudolf Steiner. WISTINGHAUSEN, Christian von; SCHEIBE, Wolfgang; WISTINGHAUSEN, Eckard von; KÖNIG, Uli Johannes. Manual para a elaboração dos Preparados Biodinâmicos. Ed. Antroposófica.