Design Social Permacultural para Formação de Ecovilas e Assentamentos Humanos Sustentáveis

Design Social Permacultural para Formação de Ecovilas e Assentamentos Humanos Sustentáveis

Design Social Permacultural para Formação de Ecovilas e
Assentamentos Humanos Sustentáveis

Datas:
23 de fevereiro de 2018, das 16h às 21h
24  de fevereiro de 2018, das 9h as 17h20

Carga horária aproximada: 12 horas

Educador:
Thomas Enlazador
Permacultor e Designer Social, Resilientalista, Educador e Mestre em Gestão e Políticas Ambientais pela UFPE, Membro do Conselho de Assentamentos Sustentáveis da América Latina e Awirẽ – Aliança Multiétnica de Permacultura. Autor do Almanaque de Práticas Sustentáveis

Conteúdo:

O curso em sua terceira edição no Brasil, se desdobra em universos sistêmicos e complexos, envolvendo indivíduos, posse de terra, bens e imóveis, leis, economia, comunitarismo, política, cultura, saúde, sexualidade e outros tópicos que podem dar a liga ou descambar um bom projeto.

O curso fortalece indivíduos e coletivos que encaram ser pioneiros em um projeto de assentamento rural urbano ou rural. Possui além de uma forte carga teórica embasada em estudos de casos exitosos no Brasil e América Latina, relatos e vivência do educador Thomas, com mais de 15 anos de ativismo e comunitarismo em comunidades no Brasil, América Latina e Europa.

Em primeira mão, mostraremos o passo a passo na construção do Design Social Permacultural de um Assentamento.
Não embarque no sonho sem foco e estratégia! Obtenha conhecimentos qualificados para sua empreitada ecoaldeana e coocrie parcerias para essa desafiadora missão.

O curso terá como linhas temáticas (sujeito a pequenas alterações):

  • Dinâmica de abertura, conteúdo do curso e integração do grupo
  • Biorregião e Biorregionalismo: Onde estamos pisando?
  • Introdução ao Design Social
    • Desenho social e os princípios da permacultura
    • Tecnologias sociais participativas, comunitaristas e autogestionadas
    • A flor e as pétalas em construção do Design Social Permacultural
  • Estrutura social da permacultura e posse da Terra
    • Busca de Terras
    • Alternativas: Comodato, Ocupação, Compra Coletiva, Pessoa Fisica e Juridica
    • Construção de Critérios (riscos e potenciais)
    • Organização de Coletivos (escolha de estratégias)
    • As principais causas do insucesso das comunidades
    • Exemplos e estudos de caso de diferentes formas de organização de assentamentos  e estatutos
  • Políticas Públicas Socioambientais e Permacultura
  • Experiências em comunidades tradicionais e indígenas
  • A Permacultura Popular, o Ecossocialismo e a Desobediência Civil
  • Comunidades Intencionais (Religiosas, Amorosas, Culturais, Anarquistas…)
  • Ativismo em rede, Mídias Livres e estratégias para o fortalecimento, difusão e articulação das propostas com base no software livre
  • Economia e prosperidade, financiamento coletivo, banco de horas, trocas e subversões ao sistema
  • Fator C – O Comunitarismo como força de produção
  • Redes locais, biorregionais, nacionais, continentais e globais
  • O CASA – Conselho de Assentamentos Sustentáveis da América Latina e CASA Brasil. Estratégias de integração de projetos e fortalecimentos das redes.
  • Calendário de mobilização
  • Encaminhamento de propostas e candidaturas à incubação de projeto

O curso oferece bolsas integrais para representantes de comunidades indígenas, quilombolas, jovens negros e transexuais que representam projetos sociais na periferia e agricultores com devida comprovação de dap ou afins.

Contribuição – R$280 (+ taxas no caso de pagamento online)

Formas de pagamento:

9

Em caso de dúvidas sobre pagamento, escreva para contato@casajaya.com.br

Vagas limitadas!

Política de desistência:
Até 7 dias antes do curso: Devolução de 70% do valor investido.
Após esse prazo não haverá devolução.

Atenção! Você está vendo uma publicação de um evento que já aconteceu.
Acesse a nossa página inicial ou navegue pelo menu do site para conferir nossa programação atual.