Roda de conversa com Hushahu e Hukena Yawanawá

Yawanawa Shahu: Roda de conversa com Hushahu e Hukena Yawanawá

Data: 06 de Novembro de 2014
Horário: Das 20 às 22hs
Contribuição: R$25
Mais informações: reluz.sagradofeminino@gmail.com

Hushahu e sua filha Hukena são mulheres do povo indígena Yawanawá, da Terra Indígena do rio Gregório, Acre.

Hushahu e sua irmã Putani,são conhecidas entre os Yawanawá como as primeiras mulheres que passaram pela formação para tornarem-se pajés, no ano de 2005, processo que até então só era permitido para homens.

O povo Yawanawa sempre foi conhecido por ser um povo guerreiro e pelos seus grandes pajés. Depois da colonização, da chegada dos patrões seringalistas e a evangelização dos missionários a cultura e a espiritualidade decaiu mas não se perdeu, ficou viva e forte nas mãos dos pajés Tata e Yawarani que sobreviveram todas essas mudanças na história contemporânea.

Hushahu e Putani perceberam que Tata e Yawarani já estavam anciãos mais de 90 anos, e partindo para o mundo espiritual levariam com eles todo o conhecimento tradicional milenar, espiritual de nosso povo. Vendo que nenhum homem que em sua tradição tinha a permissão de se formar como pajé, não tinha coragem e tão pouco iniciativa para poder aprender e dar seguimento a espiritualidade que estava em risco de perda.
Foi essa a principal motivação de Hushahu e Putani de dedicar suas vidas a aprender sua espiritualidade e conhecimento tradicional.

No começo essa iniciativa delas foi rejeitada e repudiada por algumas lideranças da aldeia, eles acharam que elas por serem mulheres não tinham direito a esse conhecimento sagrado e que não eram forte o suficiente para fazer uma dieta tão rígida. Isto significou para eles quebrar uma tradição dentro da tradição.

Mas os velhos pajés falaram que coisas do espírito não tem nada a ver com o gênero ou sexo, pois são conhecimentos espirituais que recebem diretamente do espírito para as pessoas. E foram eles que encorajaram para fazer a iniciação de Putani e Hushahu como pajés.
Depois de um ano de dieta rígida, Hushahu e Putani passaram a ser respeitadas enquanto lideranças espirituais em suas comunidades, e abriram caminho para outras mulheres Yawanawá, como suas filhas, irmãs e sobrinhas, entrarem no estudo e na formação para se tornarem pajés.

Receberemos Hushahu e sua filha Hukena, ambas estudantes da espiritualidade Yawanawá e as medicinas da floresta, para uma conversa sobre o sagrado feminino, e as sabedorias da floresta, cantos e desenhos, que receberam em seus processos de formação espiritual.