O consumo regular ou esporádico da Erva Mate, ‘Tereré’ ou ‘Chimarrão’, como é chamado no sul do Brasil, pode trazer mais benefícios à saúde que os originalmente revelados. Popular também em países da América Latina, chamado simplesmente de ‘Mate’, o chá da erva mate servido em uma cuia e bebido através de uma bombilha, além de delicioso e revigorante, agora mostra potencial na cura e prevenção do câncer de cólon. 

Além de combater o colesterol ruim e a diabetes, aliviar a ressaca no dia seguinte, possuir um efeito estimulante natural, e muitas vitaminas e minerais, a Erva Mate possui também poderosas propriedades anti-inflamatórias. Aliada ao efeito de induzir a morte das células cancerígenas na região específica do cólon, a prevenção contra inflamações é um elemento de grande importância no tratamento do câncer, pois previne seu alastramento. 

É importante ressaltar a diferença entre a Erva Mate do Chimarrão, de cor verde, embalada em pacotes de um ou meio quilo, e a Erva Mate em saquinhos de chá tradicional, de cor marrom. O tratamento das folhas é distinto, apesar de ambas variações se originarem da mesma planta. A erva do mate em saquinhos é tostada em fornos, ao contrário daquela do Chimarrão, que é seca ao sol, em um processo mais delicado, preservando melhor suas propriedades.

Recomenda-se o uso moderado do Mate, pois seu princípio ativo estimulante pode causar insônias se consumido em excesso ao longo do dia, ou durante a noite. Outros efeitos causados pela Cafeína e seus derivados podem ocorrer de maneira atenuada. À parte as precauções essenciais, porém, a Erva Mate é rica em nutrientes e por isso um grande aliado da saúde, – além de um jeito todo especial de se começar bem o dia.

Os cientistas da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, que conduziram o estudo, focaram sua atenção no grupo de substâncias químicas que inclui a Cafeína e seus derivados, presentes também na Erva Mate. Tratadas em ambiente in-vitro, as células cancerosas “se auto-destróem, pois tem seu DNA danificado na presença da mistura preparada a partir do mate” afirma Elvira Mejia, professora de Química e Toxicologia Alimentar. “Acreditamos que há muita evidência de apoio ao consumo de erva mate pelos seus benefícios bioativos, especialmente se você tem razões para se preocupar com o câncer de cólon”, conclui a pesquisadora.

Produção: Central de Notícias Casa Jaya

Foto: Hyper Science Magazine

Dúvidas ou Sugestões? noticias@casajaya.com.br