Movimento de Agricultura Urbana Lança Site para Facilitar a Vida dos Paulistanos

Movimento de agricultura urbana lança site com guia de orgânicos para facilitar a vida dos paulistanos.

Ficou mais fácil localizar restaurantes, feiras e hortifrutis que comercializam produtos orgânicos e agroecológicos em São Paulo: o Movimento Urbano de Agroecologia (MUDA) acaba de lançar um site com um amplo mapeamento das opções na capital paulista.

O www.muda.org.br foi criado com o objetivo de se tornar uma referência em agricultura urbana, gastronomia saudável e sustentável, produção local e consumo de orgânicos, para todos os paulistanos utilizarem no seu dia-a-dia. Para isso, oferece uma ferramenta de geolocalização, com identificação fácil e clara dos restaurantes que trabalham com alimentos orgânicos, das feiras e locais que comercializam orgânicos e das instituições que trabalham com o tema.

Para quem quer se envolver mais e se engajar há também indicações de como participar. São orientações desde como participar dos plantio coletivo nas hortas da cidade até lista de filmes para organizar cineclubes com amigos, família, comunidade para sabermos mais. Na seção “Faça Você Mesmo”, o internauta encontra todo tipo de dica sobre como iniciar um horta, plantar em seu quintal ou como fazer uma horta vertical em espaços menores.

Para manter o mapa constantemente atualizado, o site conta com uma ferramenta de cadastramento, para que mais estabelecimentos e produtores possam se inserir no guia. O site oferece ainda um extenso conteúdo com notícias, vídeos, manuais e publicações, bem como uma agenda compilando todas ações e eventos da área.

Agenda dos Movimentos

MUDA-SP: Movimento Urbano de Agroecologia

O Movimento Urbano De Agroecologia é fruto da união de indivíduos que buscam uma nova maneira de viver a cidade e se relacionar com o campo. Na criação de uma cidade mais verde, e buscando a reconexão e respeito com a natureza e a valorização do agricultor familiar, o MUDA quer integrar todos que compartilham esse desejo a se juntar para promover intervenções e ações de uma maneira divertida e criativa para realizar nosso sonho.

Baseado da articulação de indivíduos, de organizações da sociedade civil e do poder público, o MUDA se dedica ao tema da agroecologia e reúne especialistas de diversas áreas e instituições, trabalhando cada vez mais juntos.

Todos os que atuam nos setores de produção de alimentos orgânicos, agricultura familiar, abastecimento, segurança alimentar e nutricional, saúde pública, consumo consciente e responsável, ecogastronomia, agricultura urbana, arquitetura e urbanismo, resíduos sólidos, defesa animal, Direitos Humanos, Economia Solidária, mobilidade urbana, equilíbrio entre gêneros, espiritualidade, energia renovável, arte, esportes, comunicação, empreendedorismo, educação e cultura de paz, entre outros. Ou seja, tudo e todos empenhados em construir um novo paradigma de vida, coletivamente saudável e socialmente justo estão unidos nesse movimento. Convidamos todos vocês a fazerem parte do MUDA!

http://www.muda.org.br/mapa/

Mapa de Iniciativas

Os princípios e passos da mudança:

1. Desindustrializar a despensa! Sempre que possível, compre alimentos frescos, integrais e artesanais;
2. Usar o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SACs) sempre que identificar que uma empresa não têm responsabilidade socioambiental no seu ciclo produtivo;
3. Comprar diretamente da Agricultura Familiar (priorizando os de origem orgânica, agroecológica e de agricultura em transição);
4. Priorizar o consumo em um raio de até 200 Km da cidade, fortalecendo o comércio de bairro e arredores, afim de estimular as economias locais.
5. Inserir biodiversidade no prato. Conhecer as plantas alimentícias não convencionais, frutos nativos e sementes crioulas;
6. Comer de acordo com a sazonalidade dos alimentos;
7. Consumir menos carnes e produtos derivados, priorizando pecuária natural e pesca artesanal;
8. Difundir amplamente o debate dos agrotóxicos e transgênicos entre os cidadãos. Mobilize-se para que o poder público combata os danos sociais, ambientais e à saúde humana que eles provocam.
9. Otimizar os processos culinários a fim de minimizar os desperdícios;
10. Assumir responsabilidade por nossos resíduos através da coleta seletiva e compostagem.
11. Seguir o conceito de reduzir, reutilizar e reciclar;
12. Relacionar-se mais com a terra. Pise na grama, plante em casa e participe de hortas comunitárias;
13. Compreender o ciclo e manejo da água. Participe das soluções relativas ao tema;
14. MUDAr a Si próprio. Investir com carinho no aprimoramento pessoal, harmonizando, corpo, mente e espírito. Divirta-se!
15. Sentir-se parte de um coletivo, compartilhando bens e saberes com outras pessoas. Experimente trocar produtos solidariamente e evite o consumismo desnecessário.