tambores_flow_abr_16

Tambores Flow
Caminho a El Dorado com Cá Raiza e Monica Jurado
Tambores, Violino e Rabeca

 

Musicista convidada: Carla Raiza

Tambores Flow é uma experiência intensa de ritmos, respiração, meditação e cantos.
Meditando com tambores sobre os caminhos em busca do Flow, ou Fluir, do modo de viver em sintonia com quem somos, o que criamos e nossa ação no mundo.

Pode ser explicado como os momentos e atividades excepcionais em nossas vidas, onde ocorre um total engajamento a ponto de esquecermos o tempo, a fome, a fadiga e tudo o mais a não ser a própria atividade.

A cada encontro um aspecto relevante para aumentarmos nossos níveis de Consciência, Felicidade e Liberdade.
Tambores são muito bem vindos!
Sem pré-requisitos.

Data: Sexta, 29 de Abril de 2016
Horário: Das 20h30 às 21h50
R$40 – Crianças grátis

O conceito de Flow foi desenvolvido na década de 70 pelo psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi, PhD e professor da Universidade de Chicago para designar as experiências ótimas de fluxo na Consciência.

 

[Best_Wordpress_Gallery id=”13″ gal_title=”Tambores Flow 4″]

 

Confirme presença no evento e convide seus amigos!

 

Monica Jurado
Atriz, arquiteta, locutora e meditadora desde 1982.
Retirou-se para praticas de Yoga dos Sonhos de 1999 a 2006.
Especializou-se em técnicas de uso da voz falada e mantrada, tendo como percurso praticas de coral, formação em yoga da voz, harmônicos, novelas radiofônicas e base para canto lírico.
Coordenou o projeto voluntario Almas em Movimento na Penitenciaria Feminina da Capital de São Paulo, de 2008 a 2013, em busca do resgate da dignidade e da essência de mulheres brasileiras e estrangeiras através da meditação e relaxamento com tambores, da voz e da dança. Faz parte do Meditação com Tambores, projeto que busca encontrar os territórios onde arte e meditação tangenciam resultados.

Cá Raiza
Carla Raiza é violinista, rabequeira e educadora musical, nascida na cidade de Guarulhos- SP, iniciou seus estudos no conservatório de sua cidade, depois passou pela Universidade Livre de Musica (atual EMESP), pelo Instituto Baccareli, e pela faculdade Santa Marcelina. Durante um tempo ingressou a Orquestra Sinfônica Heliópolis, e a Orquestra Jovem de Guarulhos, como bolsista. Nesse período conheceu Giovanni Di Ganzá, com quem iniciou uma parceria musical, parceria essa que tem gerado alguns projetos, como o grupo Trilha Trio composto por violino, violão e Contrabaixo, o Duo Raiza-Ganzá (violino e violão, viola e viola caipira), Durante esse período, só que dentro das orquestras, tocou com nomes da música brasileira como, Wagner Tiso, Antônio Nóbrega, Spok frevo, Zizi Possi, assim como grandes nomes da música erudita, como o violinista Claudio Cruz, o violinista Emanuelle Baldini, a soprano Rosana Lamosa. Passou por diversos festivais de música erudita, como Festival internacional de Santa Catarina, FEMUSC , Oficina de música de Curitiba, festival de música de Ourinhos na classe de violino popular, com o violinista Ricardo Hertz.

Atualmente segue no desenvolvimento de projetos pessoais, buscando traçar o caminho do violino, na música popular de raiz brasileira, e afro-brasileira, e também na música do oriente médio, dos projetos em andamento se destaca o “Viola minha Viola’s” que é formado por viola de arco (Cá Raiza) e viola caipira (Giovanni Di Ganzá), um outro projeto de pesquisa da música popular e erudita, brasileira com quarteto de cordas, que envolve os ritmos Brasileiros como Baião, Choro, Frevo, Samba e como se dá essa sonoridade dentro de uma formação de quarteto de cordas tradicional.