Tambores Flow
Tambores e Cítara – Monica Jurado e Rico Venerito
Tema: Liberdade

A proposta do projeto Tambores Flow é tornar a meditação simples, eficiente e divertida, quebrando tabus que reservam as praticas meditativas a conteúdos místicos.

Meditando com tambores em busca do Flow, ou Fluir, do modo de viver em sintonia com quem somos, o que criamos e nossa ação no mundo. Tambores Flow é uma experiência intensa de ritmos, respiração, meditação e cantos, idealizado e coordenado por Monica Jurado.

Um percurso de pesquisas e estudos iniciados em 2002 e que busca pelos pontos onde as experiências da meditação e do deleite artístico tangenciam resultados.

Acreditando na importância em ampliar os benefícios do meditar a mais pessoas e sustentando o desafio de que os encontros possam transformar  a plateia em protagonistas do processo e agentes de sua criatividade e autoconhecimento.

A cada encontro um aspecto e tema relevante para aumentarmos nossos níveis de Consciência e Liberdade.

 

Tambores são muito bem vindos!

Sem pré-requisitos.

Data: Sexta, 28 de Outubro de 2016
Horário: Das 20h30 às 21h50
R$40 – Crianças grátis
Evento: facebook.com/events/286096685079741

O conceito de Flow foi desenvolvido na década de 70 pelo psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi, PhD e professor da Universidade de Chicago para designar as experiências ótimas de fluxo na Consciência.

 

 

Rico VeneritoRico Venerito
Paulistano, nasceu no dia 06 de agosto de 1974. Formado em Admnistração de Empresas, é Produtor Cultural e Músico multi-instrumentista.

Fotógrafo e artesão constrói instrumentos musicais étnicos e inventivos. Atua na área da Saúde Integral.

Dedica-se aos estudos da música clássica indiana desde 1994.

Aluno de Ariel Chab Tarab, Rasikananda Das, Alberto Marsicano e da citarista Krishna Chakravarty da Universidade de Benares – Índia.

 

Monica Jurado
Atriz, arquiteta, locutora e meditadora desde 1982.
Retirou-se para praticas de Yoga dos Sonhos de 1999 a 2006.
Especializou-se em técnicas de uso da voz falada e mantrada, tendo como percurso praticas de coral, formação em yoga da voz, harmônicos, novelas radiofônicas e base para canto lírico.

Coordenou o projeto voluntario Almas em Movimento na Penitenciaria Feminina da Capital de São Paulo, de 2008 a 2013, em busca do resgate da dignidade e da essência de mulheres brasileiras e estrangeiras através da meditação e relaxamento com tambores, da voz e da dança. Faz parte do Meditação com Tambores, projeto que busca encontrar os territórios onde arte e meditação tangenciam resultados.